O Nosso Cânhamo

 

Aparentemente, a peça mais antiga de tecido conhecida foi feita de cânhamo, o qual começou a ser trabalhado no oitavo milénio a.C. (8000-7000).
O corpo de literatura (p.e. arqueologia, antropologia, filologia, economia, história) referente ao cânhamo está de acordo geral em que, no mínimo:
              Desde mais de 1000 anos antes do tempo de Cristo até 1883, o cânhamo-de-cannabis foi a cultura agrícola mais importante do nosso planeta, e a sua maior indústria, envolvendo milhares de produtos e empresas; produzindo a maioria das fibras, tecidos, óleo de iluminação, papel, incenso e medicamentos da Terra. Era além disso uma fonte primária de óleo alimentar e proteínas essenciais para humanos e animais.
              Segundo virtualmente todos os antropólogos e universidades do mundo, a marijuana era também usada na maioria das nossas religiões e cultos; sendo uma da meia dúzia de drogas usadas para alterar a disposição e a mente, quando tomada como sacramento psicotrópico ou psicadélico (que manifesta ou expande o espírito).Quase sem excepção, estas experiências sagradas (com drogas) inspiram as nossas supertições, amuletos, talismãs, religiões, preces e códigos linguísticos.
 
Porque o cânhamo e a marijuana tem sido tão importante na história?
 
             Porque o cânhamo de cannabis é, em geral, a mais resistente, durável e duradoura fibra mole natural do planeta. As suas folhas e florescências foram - dependendo da cultura - os primeiros, segundos ou terceiros remédios mais usados por dois terços dos habitantes do mundo durante pelo menos 3000 anos, até o início do século XX.
           Botanicamente, o cânhamo faz parte da mais avançada família de plantas da Terra. É uma planta dióica (isto é, tem variedades masculinas, femininas e por vezes hemafroditas) anual, lenhosa e herbácea que usa o sol com mais eficiência do que virtualmente qualquer outra planta do nosso planeta, alcaçando uns robustos 4 a 7 metros, ou mais, numa curta estação de crescimento. Pode ser cultivada em virtualmente qualquer clima ou condições de solo na Terra, até mesmo em condições marginais.
O cânhamo é, de longe, o principal recurso natural renovável da Terra. É por isso que ele é tão importante.

Figura: Livro A "Bíblia Do Cânhamo" O Rei Vai Nu", Escrita Por Jack Herer" pag 7

 

Se proibíssemos todos os combustíveis fósseis e os seus derivados, bem como o corte de árvores para abastecer as celuloses e a construção civil, de modo a inverter o efeito de estufa e parar a desflorestação, salvando assim o planeta - então conhece-se apenas um único recurso natural anualmente renovável capaz de fornecer a maior parte do papel, têxteis e alimentos do mundo, satisfacer todas as necessidades mundiais em termos de transportes, energía, doméstica e industrial em simultâneo reduzir a poluição, reconstruir o solo e limpar a atmosfera.... E essa substância é - a mesma que já fez tudo isso antes - o Cânhamo

 

O papel de cânhamo durava entre 50 a 100 vezes mais do que a maior parte das preparações de papiro, e era cem vezes mais fácil e barato de fabricar.

 

           Os chineses, usaram cânhamo na confecção de papel a partir do primeiro século da nossa era, o papel de cânhamo durava 50 a 100 vezes mais do que a maior parte das preparações de papiro, e era cem vezes mais fácil e económico de confeccionar. No mundo europeu ocidental/americano, os quadros, mapas, documentos e Bíblia dos navios foram feitos de papel contendo fibra de cânhamo desde o tempo de Colombo ( século XV) até ao princípio do século XX.

         O uso comum do cânhamo na economia era importante o bastante para ocupar o tempo e os pensamentos do primeiro Secretário do Tesouro dos E.U Alexander Hamilton, que escreveu num comunicado do Tesouro redigido por volta de 1790, intitulado "Linho e Cânhamo". A propia Constituição dos Estados Unidos foi escrita em papel de cânhamo.

         As roupas dos marinheiros eram também manufacturadas a partir de cannabis, até ao pormenor dos fios usados para coser as solas dos sapatos. Os nossos antepassados estavam bem cientes de que o cânhamo é mais suave que o algodão, mais quente que o algodão, possui três vezes a força tênsil do algodão e é muitas vezes mais durável que o algodão. As roupas de confecção doméstica eram quase sempre tecidas, por pessoas de todo o mundo, a partir de fibras cultivadas no "campo familiar de cânhamo".

Finalmente, deve notar-se que cerca de 50% de todos os produtos químicos hoje usados na agricultura americana são aplicados no cultivo do algodão. O Cânhamo não precisa de produtos químicos e conta com poucos inimigos 

(*A fibra de cânhamo não contém THC, ou "ganza". Por isso, excusa de fumar a sua camisa! De facto, tentar fumar tecido de cânhamo - ou qualquer outro tecido - pode revelar-se fatal!)

Fonte: Livro A "Bíblia Do Cânhamo" O Rei Vai Nu", Escrita Por Jack Herer" pag 3-8

Leia mais sobre a história do cânhamo no Livro "O Rei Vai Nú!

Data da ultima modificaçāo: 23/03/2020

Quer ver MAIS PRODUTOS CANÁBICOS no mercado Português?

Contribua gratuitamente para a Investigaçāo Canábica Portuguesa e ajude-nos a aumentar a base de dados canábica portuguesa, a combater o estigma e a disponibilizar cada vez mais produtos da Cannabis sativa L. em todo Portugal!

Se for Paciente ou Público Geral, responda em: http://bit.ly/Canabis-e-pacientes-ou-publico

Se for Profissional de Saúde, responda em: http://bit.ly/Canabis-e-profissionais-saude

Se for Profissional de Segurança de Portugal, responda em: http://bit.ly/Canabis-e-profissionais-seguranca